domingo, 11 de dezembro de 2011

Lembrancinha




domingo, 13 de novembro de 2011

Cestas e Lembrancinhas


Cestas Nemaje





FESTA DE AROMAS


Lembrancinha de Borboleta

sábado, 8 de outubro de 2011

Lembrancinha para festa



sábado, 10 de setembro de 2011

Tulipa azul

terça-feira, 26 de julho de 2011

Presentes




A minha amiga sandra do blog http://aotoquedoamor.blogspot.com/, me presenteou com este lindo cartão, fiquei muito emocionada, obrigada pelo seu carinho.



segunda-feira, 25 de julho de 2011

Sabonete artesanal receita Básica

Produtos químicos necessários:

- 1 Kg de base de glicerina para sabonetes (branca ou transparente);
- 30 mL essência para sabonetes;
- corante alimentício (anelina);
- álcool de cereais.

Algumas essências são mais fortes que outras, dependendo da qualidade. Procure dosar ao seu gosto, não sendo necessário seguir a risca a quantidade especificada acima. Você vai encontrar esses materiais em lojas de artigos para perfumaria e farmácias de manipulação.

Material de apoio necessário:

- 1 panela de vidro, ou esmaltada (nunca usar de metal ou alumínio);
- 1 forma para banho-maria;
- bastão de vidro;
- moldes de silicone ou plástico;
- filme plástico para embalar.

1 – Pique a base para sabonete em pedaços pequenos;
2 – Na panela derreter a base em banho-maria (não deixe a temperatura da água muito quente, para evitar que a base ferva);
3 – Retire do fogo quando estiver totalmente derretida, coloque o corante aos poucos até atingir a cor desejada;
4 – Espere esfriar um pouco, até formar uma nata fina em cima da base. Caso não faça isso a essência e o extrato (se estiver usando) irá evaporar e seu sabonete não ficará perfumado;
5 – Adicione a essência e mexa com o bastão de vidro. Evite mexer muito pois poderá fazer espuma, se fizer borrife com álcool de cereais para retirá-la. Segure com o bastão de vidro a película que se forma e despeje o líquido na forma escolhida;
6 – Borrife álcool de cereais pra evitar a formação de espuma;
7 – Espere secar por mais ou menos 30 minutos (depende da quantidade utilizada) e desenforme;
8 – Se necessário retire as rebarbas com uma faca sem serra;
9 – Aguarde umas 2 horas para embalar em filme plástico;
10 – Coloque em cestinhas, caixas ou sacos de celofane.

Fonte:www.sonholilas.com.br



Primavera

sexta-feira, 1 de julho de 2011

A História do Sabonete


Por volta de 600 a.C, os fenícios divulgaram um conhecimento alquimista de como se fazer sabão, que alguns séculos mais tarde, teve sua divulgação dentro dos costumes gauleses e germânicos.

Os nomes "glicerina" ou "glicerol" surgiram no século XX. A coroa Inglesa monopolizava o comércio e fabricação de sabão e, até mesmo, cobrava uma taxa das pessoas que possuíam uma preferência por "limpeza", este conhecimento foi levado da alquimia à química. Um químico sueco foi o primeiro quem formalizou a descoberta de que os óleos e gorduras naturais contêm o que chamamos hoje de glicerina. Na época, ele a batizou de "o doce princípio das gorduras".

O nome origina-se da palavra grega glykos que significa doce. O termo Glicerina refere-se ao produto na forma comercial, com pureza acima de 95%.

O sabonete artesanal é macio, rico, envolvente e calmante. Sua espuma é densa e penetrante, ela deixa uma película emoliente na pele tornando-a macia e sensual.

Saiba mais...


quinta-feira, 30 de junho de 2011


Kit Festa de Aromas


Kit Paixão

Os primeiros sabonetes Nemaje